quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Suely Pereira, dá aula de democracia em Matões

Por Abdenaldo Rodrigues/Matões Notícias

A prefeita de Matões, Suely Pereira (PSB), está fazendo uma série de mudanças no início do seu segundo mandato à frente da administração. Entre as novas medidas, está a eleição direta para diretor de todas as  escolas do município, uma ação que é inédita no interior do estado do Maranhão.

O processo visa democratizar as atividades administrativas das escolas municipais, dando maior responsabilidade das direções junto a própria comunidade onde elas estão inseridas. "Escolhendo seu diretor, alunos, professores, pai e responsáveis terão como cobrar resultados e acompanhar o dia-dia da gestão", esclareceu a prefeita.

A eleição para a escolha de diretor das escolas municipais se dará a partir de indicação dentro da própria comunidade escolar, podendo votar professores, alunos e funcionários. A determinação será colocada em prática já para o início do período letivo de 2013. 

4 comentários:

Anônimo disse...

vamos ver se dá certo porque a educação do jeito q está vai muito mal

Anônimo disse...

Vou torcer pra dar certo, porque do jeito que estava só na base da politica muitos não executavam seus trabalhos confiados em padrinhos politicos.
Parabéns Prefeita, continue assim.

Basílio da Silva Rocha disse...

“QUEM AMA CUIDA E EDUCA.”
Percebe-se que a administração da prefeita Suely Pereira é presente em todos os setores que assistem à sociedade. A prefeita sabe realmente o que o povo de Matões precisa. Essa ideia de eleição direta para diretor das escolas municipais é excelente e deve ser estendida também para as escolas estaduais. As escolas estaduais do Maranhão ainda estão sendo direcionadas por uma Linha pedagógica tão distanciada da realidade, que nos dá impressão que estamos no Período Colonial. Existem no Estado escolas que centralizam o currículo e não os alunos;escolas que têm o prazer de reprovar os alunos sem motivo nenhum . Que escola é essa que nega os boletins de seus alunos e os exames finais? Acredito, que em Matões, nem todos os pais têm computador em casa para veem às médias bimestrais de seus filhos. Por que as escolas estaduais negam entregar os boletins de notas para os pais e os relatórios, explicando por que o aluno foi reprovado? A escola atual brasileira deve ser acolhedora, Inclusiva e não exclusiva. Sabe-se, no entanto, que a escola da atualidade se depara com novos desafios, entre eles, o de estabelecer condições mais adequadas para atender a diversidade dos indivíduos que dela participam. Comprometer-se, compreender e respeitar essa diversidade é requisito para orientar a transformação de uma sociedade tradicionalmente pautada pela exclusão. Para alcançar essa qualidade na educação, há a necessidade de renovar toda a estrutura educacional deixando para trás o ensino tradicional que se resume em castas privilegiadas.

Manoel disse...

Parabeniza a Prefeita pela iniciativa da eleição para gestores, que aconteçam democraticamente e que os eleitos encarem a educação como uma missão e que trabalhem com metas pre definidas e que seus desempenhos sejam medidos pelo alcance das metas. que a equipe da Secretaria também esteja imbuída dos mesmos ideais da Prefeita. Educação de qualidade!

Siga-nos pelo Google+ Followers