terça-feira, 5 de março de 2013

Escola modelo é inaugurada em povoado quilombola, no município de Matões

Por Abdenaldo Rodrigues/Matões Notícias


Na manhã do último sábado (3), foi inaugurada a primeira escola infantil quilombola, localizada na comunidade Mandacaru, na zona rural do município de Matões. 

A suntuosidade no interior da escola
A escola leva o nome de um dos maiores líderes  daquela comunidade, Pedro Barba. O irmão do homenageado, Sr. Antônio Paulino, falou que Pedro Barba foi mais que um líder, "foi um heroi do povo quilombola do município de Matões".

A prefeita Suely Pereira (PSB), juntamente com o presidente da Embratur, Flávio Dino, estiveram presentes para a solenidade de inauguração da escola, que é uma das mais bonitas e estruturadas do interior do Maranhão, com todas as suas salas climatizadas. A gestora disse que outras duas escolas com estrutura parecida estarão sendo construídas nos povoados Belém e Mocambo do Ferro nos próximos meses.

Vários políticos de expressão estadual, que estiveram presentes na inauguração de sexta-feira (2) de uma quadra poliesportiva coberta na sede, também compareceram a entrega da escola infantil à população do povoado Mandacaru. Em especial, o deputado estadual Bira do Pindaré e o vice prefeito de São Luís, Roberto Rocha, elogiaram o trabalho da prefeita Suely Pereira.

Carteiras de qualidade na nova escola
Na ocasião, o secretário de Educação, Gabriel Tenório, disse que "a escola do Mandacaru é um modelo que deve ser seguido pelo Maranhão". Anunciou, ainda, a construção de um poço artesiano para atender ao colégio e a comunidade.

No final do evento, alunos das escolas Leda Tajra e Raimundo Leal homenagearam a prefeita cantando a música Asa Branca, de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira. A administração da escolas ficará sob a responsabilidade da professora Betânia.

3 comentários:

Artur Neto disse...

Prefeita Sueli vem fazer as escolas daqui de timon, so voce é capaz. parabens por essa escola que so em capital que é vista a esse nivel

Basílio da Silva Rocha disse...

Um corpo perfeito começa com bons pensamentos, autoestima elevada, amor e prazer nas coisas simples...”Observa-se à dedicação da prefeita Suely Pereira à Educação das crianças e jovens do Município de Matões. E, um caso que deve ser observado bem de perto é a construção dessa Escola destinada ao povo quilombola. Com isso, a prefeita Suely faz cumprir a Lei 10.639/03, que estabelece a obrigatoriedade do ensino de História e Cultura Afro-Brasileira. É uma escola que muito contribuirá com o povo Afro-descendentes, que por sinal, compõe a maioria da população do Estado do Maranhão. À primeira vista, essa Escola é uma instituição comum, com a mesma estrutura física e disciplina das outras escolas públicas, mas a cultura em que estão inseridas as difere em público e rotina, até porque, quilombola significa grupo formado por descendentes de escravos foragidos em quilombos. Embora o tema remeta ao passado, em termos de educação é bastante novo e deve se estender para todos os municípios do estado.

Anônimo disse...

parabéns prefeita só corrigindo o povoado e mandacaru e a comunidade e quilombola, mais ainda falta muito, a saúde onde fica,o nosso forte e o esporte precisamos de quadras esportivas, as estradas tambem estão precisando de manutenção...

Siga-nos pelo Google+ Followers