terça-feira, 7 de maio de 2013

O modelo Flávio Dino: Matões, São Luís , Caxias e Timon


O modelo Flávio Dino desperta atenção do povo do Maranhão. Roseana Sarney copia descaradamente algumas práticas das gestões alinhadas a Dino aprovadas nos municípios.

Cobrança de metas do secretariado, cadastramento de funcionários com expurgo dos "gafanhotos" da folha, implantação de escolas em tempo integral como prioridade são alguns exemplos.

A pequena Matões saiu na frente com a implantação de 30 escolas em tempo integral (25 na zona rural e 5 na zona urbana). A iniciativa beneficiará 5.000 crianças e adolescentes.

A "Ilha"(São Luís) com mais de 1 milhão de habitantes expurgou 3000 gafanhotos da folha dos funcionários públicos. Holanda Jr. exige o cumprimento de metas do secretariado a cada 120 dias.

Em Timon a reabertura de Hospitais, reforma de escolas da zona urbana/rural, regularização da coleta de lixo, regularização do pagamento dos funcionários formam o principal neste 120 dias.

Leonardo Coutinho dá continuidade ao conjunto de obras planejados na gestão de Humberto Coutinho. A busca de parceria institucional com o governo foi distorcida com interesse politiqueiro.

As imagens dos espelhos administrativos dinistas começam a mudar a mentalidade e a cultura política no Maranhão.  A Sarney com 50 anos de privilégios e esbórnia está aprendendo com os garotos.   

A vez é deles, a hora é do povo. Avante "Juventude Bem Intencionada do Maranhão". Trabalhem com afinco, honestidade pelas futuras gerações deste povo pobre, sofrido e espoliado. ()

Nenhum comentário:

Siga-nos pelo Google+ Followers