sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Polícia Civil abre inquérito e investiga assalto à agência dos Correios em Matões

Por Ademar Sousa/Tribuna do Maranhão

Comandante do 11º BPM de Timon, major Juarez Medeiros: Linha  dura  contra a bandidagem(Imagem:Divulgação)
Comandante do 11º BPM de Timon, major Juarez Medeiros 
A Polícia Civil do Maranhão já abriu inquérito para apurar o assalto à agência dos Correios ocorrido na tarde de terça-feira (30), na cidade de Matões, na Região dos Cocais, quando dois bandidos armados de revolveres calibre 38, adentraram a sede do órgão e levaram valores em dinheiro ainda não divulgado oficialmente pela gerência da empresa estatal naquele município.  Após o assalto, eles fugiram usando uma motocicleta XTZ, de cor azul, seguindo rumo ignorado pela polícia. Até o momento, os assaltantes estão foragidos e não identificados.
 
Segundo o comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar, em Timon, major Juarez Medeiros, a gerência dos Correios entregará esta manhã para a Polícia Civil as imagens do circuito interno da empresa mostrando detalhes da ação dos bandidos no momento do assalto.  “Neste caso, as investigações foram iniciadas e os Serviços de Inteligência das Policias Civil e Militar do Maranhão e do Piauí, incluindo Teresina, Timon e Caxias, contando também com o apoio da Polícia Federal, estão colaborando no sentido de identificar os autores do roubo e, consequentemente, prendê-los como forma de dar uma resposta à sociedade maranhense como um todo”, disse o major Juarez Medeiros, em entrevista ao Blog Ademar Sousa.
 
Para o major Medeiros, os bandidos entraram na agência dos Correios com facilidade devido à falta de detector de metal na porta principal da empresa. “Acho que as empresas e instituições entre bancos e agências dos Correios, como aconteceu em Matões, deveriam recorrer a essas normas de segurança que são básicas para evitar a entrada de bandidos armados”, alerta ele.   

Nenhum comentário:

Siga-nos pelo Google+ Followers