quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Morreu no último domingo em Codó o jornalista Carlos Matos

Por Abdenaldo Rodrigues/Matões Notícias/com informação do blog do Acélio e JP

Morreu na cidade de Codó, na manhã do último domingo(26), o jornalista Carlos Matos, de 55 anos. O jornalista era muito conhecido em Matões e região.  
Carlos Matos foi encontrado morto por funcionários do Hotel Janaína, no centro da cidade. De acordo com informações do hotel, onde o jornalista estava hospedado, ele entrou no quarto sexta-feira (24) e não saiu mais. Um cheiro incômodo chamou a atenção dos funcionários da Pousada. Ao se dirigirem para o quarto onde ele estava, encontraram o corpo debruçado, já sem vida. Levado para o Hospital Geral Municipal, passou por perícia médica para apurar as causas.  No entanto, não foram encontrados sinais de violência.
A hipótese mais provável é que Carlos, que subiu para seu quarto por volta das 8:00h da noite, sozinho, tenha sofrido um infarto.

Atualmente Carlos Matos residia no bairro Vila Formosa, em Timon, onde dirigia uma emissora de rádio comunitária e publicava, semanalmente, o periódico "O Jornal" na cidade de Codó que já estava na sua 41ª edição. Carlos morreu evangélico da Igreja Universal do Reino de Deus, não deixou filhos e não possui parentes no Maranhão, todos são de Manaus, Estado do Amazonas, onde nasceu.

Devido o estado de decomposição do corpo, o jornalista foi enterrado na cidade de Codó.

Nenhum comentário:

Siga-nos pelo Google+ Followers