sexta-feira, 30 de maio de 2014

Mesmo com todo o alarde da substituição, candidato do governo não deslanchou nas pesquisas*


Via blog do Elias Lacerda/Portal AZ e Jornal Pequeno
        Flávio Dino (PCdoB)                               Edinho Lobão (PMDB)   
O instituto Amostragem divulgou nesta semana os números da corrida eleitoral para o Governo do Estado. Com 54% das intenções de voto, Flávio Dino (PCdoB) lidera a corrida pelo Palácio dos Leões contra 18,92% de Lobão Filho (PMDB), segundo colocado.

No cenário mais provável para o confronto eleitoral, em terceiro aparece Antônio Pedrosa (PSOL) com 1,46% seguido de Saulo Arcângeli (PSTU), 1,23%. Do total de 1300 eleitores maranhenses ouvidos, 13,46% disseram que ainda não sabem em quem votarão e outros 10,92% afirmam que votariam brancos e nulos.

Em um embate direto entre os dois pré-candidatos favoritos na disputa eleitoral, Flávio Dino também venceria com 57,46% dos votos. Já Lobão Filho teria 20,62% dos votos. Neste cenário, 11,08% ainda não sabem em quem votar e 10,85% votariam branco ou nulo.

O instituto Amostragem realizou pesquisa entre os dias 16 e 19 de maio e ouviu 1300 eleitores de 40 municípios em todas as regiões do estado. A pesquisa está registrada sob o protocolo MA-00012/2014 no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão e possui margem de erro de 2,66 pontos para mais ou para menos.
Rejeição
O levantamento também perguntou aos eleitores em quem eles não votariam de jeito nenhum. O senador Lobão Filho teve a maior rejeição, com 38,77%, seguida por Saulo Arcângelli, com 23,23%, Antônio Pedrosa 9% e Flávio Dino com 15,85%. Não rejeitam ninguém somou 9,38%, brancos e nulos 4,08% e não sabem 14,23%.
A pesquisa Amostragem/Jornal Pequeno foi realizada entre os dias 16 e 19 de maio. Foram ouvidos 1300 eleitores em 40 municípios do Maranhão, está devidamente registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número MA-00012/2014. A margem de erro é de 2,66% para mais ou para menos.
*Título original:Instituto Amostragem pesquisou intenção de votos do maranhense para o governo

Nenhum comentário:

Siga-nos pelo Google+ Followers