segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Morre o ex-prefeito de Matões Gilberto Tenório

Por Abdenaldo Rodrigues/Matões Notícias

Luto na família Tenório: faleceu na manhã desta segunda-feira (18), o ex-prefeito de Matões e empresário, fundador da extinta agroindútria Nova Aurora, Gilberto de Oliveira Tenório, o "Tenório Alagoano", aos 81 anos de idade.

Gilberto Tenório, que chegou a Matões no início da década de 90, tornou-se um dos maiores líderes políticos do município, deixando um legado e uma forma inconfundível de fazer política. 

Tenório Alagoano foi prefeito de Matões por dois mandatos consecutivos. Sua administração tem início quando venceu as eleições de 1996, tendo como principal aliado o grupo Coutinho. O segundo mandato foi de 2000 a 2004. Durante sua administração o município obteve um grande avanço na Educação, principalmente na capacitação de professores em cursos superiores. Para tanto, implantou programas como por exemplo o PROCAD (Programa de Capacitação de Docentes), da UEMA, que em 1998 formou e capacitou professores em licenciaturas nos cursos de Letras, Ciências e Pedagogia. No início dos anos 2000, em convênio com a UESPI (Universidade Estadual do Piauí), ofertou mais vagas nos cursos de Pedagogia, Química, Física e Letras.

Em 2011, uma profunda e visível tristeza tomou conta do seu coração, quando em um acidente fatal perdeu a esposa, Salomé Tenório. Desde então, mantinha-se recluso no convívio da família, sempre ladeado de filhos, netos e sobrinhos. Mesmo assim, nas últimas eleições municipais, numa breve aliança com o grupo Pereira/Coutinho, subiu ao palanque e discursou firme, finalizando com a frase que se tornou sua marca registrada: "Tenório é Povo e o Povo é Tenório".

Nas redes sociais, multiplicaram-se os amigos, parentes e admiradores do trabalho e do exemplo de ser humano que foi Gilberto Tenório expressando os seus sentimentos e condolências à família do grande político que partiu para outra dimensão, mas deixou seu nome registrado na história do município de Matões.

Um comentário:

Basílio da Silva Rocha disse...

A CIDADE DE MATÕES CHORA A PERDA DE UM GUERREIRO...
“O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.” TENÓRIO ALAGOANO, UM HOMEM INESQUECÍVEL... Há pessoas que trazem tanta luz para a vida da gente, que quando pensamos neles agradecemos silenciosamente. Oramos com gratidão, como se a vida já valesse, por terem cruzado o nosso caminho. Tem gente que ilumina uma cidade inteira, que faz reluzir a Terra inteira, que vem ao mundo para realmente construir o bem e ativar as forças do amor. Há pessoas que num simples encontro deixam tantas sementes no nosso coração que sentimos a necessidade de multiplicá-las, de fazer mudas e sair distribuindo por ai, reflorestando a vida com pensamentos de mais amor, humanidade, justiça social, igualdade, direitos humanos, paz… Essas são pessoas que carregam muito amor no coração, que sabem ensinar sobre o amor, que tornam o mundo mais amor. Não são padrões, nem perfeitas, não se preocupam em serem exemplos. São humanas, são o que são, mas parecem ter uma tarefa. É gente que tem o poder de nos fazer calar, para ouvir-las e de nos fazer ouvir para escutar os dizeres da nossa alma, decifrar mistérios do nosso coração. É no coração que sentimos o reflexo da sua luz, como num espelho. Transformam-nos ao realizar a missão silenciosa de nos tornar pessoas melhores. Assim, era TENÓRIO ALAGOANO, um homem carismático, dócil, inteligente, culto, solidário, compreensivo e zeloso pela humanidade. Um homem construtor do bem, que nos ensinou a dinâmica do amor. Saudades!


Siga-nos pelo Google+ Followers