sábado, 22 de dezembro de 2012

Oseas Pinho, com a admiração e o respeito de um amigo

Por Abdenaldo Rodrigues/Matões Notícias

Meu amigo Pinho nos deixou

A notícia do falecimento precoce do professor Oseas Pinho Oliveira, 41 anos, na última segunda-feira (17), pelo acometimento de uma doença voraz e mortífera, foi  para este Editor um choque muito grande. Fiquei sem palavras para expressar neste espaço o que estava sentido. Somente hoje arrisco-me a colocar as frases em ordem e falar um pouco sobre ele.

Em um período da minha vida, nos anos 90, Oseas foi muito presente. Estávamos na fase de cursinhos e concursos; tínhamos acalorados debates sobre regras de ortografia, acentuação gráfica, figuras de linguagem e outras afins. Quase sempre eu tinha razão; quando batia a dúvida, recorríamos ao mestre  e grande amigo em comum, Fábio Oliveira, que dava o seu veredito com muita propriedade. O tempo passou, ele foi aprovado no vestibular para o curso de Letras na Universidade Federal do Piauí (UFPI), estudou e se formou. Conseguiu aprovação nos concursos para a Educação dos estados do Maranhão e Piauí. A partir daí, eu já não arriscava entrar em discussão sobre aquelas regras com o Pinho, ele havia se tornado um excelente professor e seria difícil argumentar em alguma situação gramatical ou literária com ele.

No início dos anos 2000, frequentou em minha cabeça a vontade de ser advogado; fiz o vestibular da UESPI e passei; por motivos que agora não cabe explicar, não frequentei o curso e o deixei  para lá. O mesmo pensamento permeou a mente sempre inquieta do meu amigo Oseas, que também resolveu fazer o curso de Direito. Com ele foi diferente, não perdeu a oportunidade, passou e levou o curso até o fim. Outros caminhos apareceram e a vida nos distanciou. Há algum tempo, soube que havia conseguido aprovação no concurso da Polícia Civil do Maranhão; foi trabalhar em Presidente Dutra. Soube ainda que estava prestes a fazer o concurso para a função de delegado, seu maior objetivo do momento. Conhecendo sua persistência e sua capacidade, digo que não seria difícil para ele chegar lá. 

Fui ao seu velório, que aconteceu no templo da Igreja Assembleia de Deus, em Timon. A tristeza me abateu e chegou aos meus olhos ao vê-lo ali, sem a vivacidade e a espontaneidade de antes. Confortou-me apenas saber que ele estava livre dos males do mundo e que Deus o levou porque tinha outros desígnios para ele. Não me surpreendeu a presença de tanta gente naquela despedida. Até colegas e amigos de pouco tempo de convivência estavam presentes, como os policiais civis de Presidente Dutra que, através do delegado regional, representando o Governo do Estado, renderam-lhe importante homenagem. Pastores e familiares também se reversaram no púlpito da Igreja, falando sobre sua breve e marcante passagem entre nós. Oseas recebeu, com todo merecimento, o adeus daqueles que o conheciam e o admiravam, como eu. 

Descanse em paz meu amigo Pinho!

7 comentários:

Eduardo Loiola disse...

Brilhante as palavras para descrever quem era Oseas Pinho.
Forte abraço Professor e que Deus conforte toda a familia!

Fábio Oliveira / São Luís-MA disse...

UMA VEZ OSEAS, SEMPRE OSEAS! Parodiando os versos iniciais do refrão do Hino do Flamengo, de quem o nosso amigo era fiel torcedor, quero atestar aqui minha amizade e meu apreço por Oseas, que comigo conviveu muitos anos e vivenciou inúmeros momentos de alegrias, de diversão e até mesmo de brigas, mas nunca de intrigas nem de desunião. Ele não media esforços para estar sempre perto de mim - fosse em Matões, Parnarama, Teresina ou São Luís -,por essa razão imagino que ele sempre vai continuar muito próximo a mim, do meu lado, nos melhores momentos de minha vida, daqui em diante. Valeu, Pinhão!!! Qualquer dia, amigo, a gente vai se reencontrar...

Cleber Cabral disse...

Pois é nosso amigo se foi, mas como disse o Fabio ele ainda continua presente, pois deixou marcas de grande valor, deixou exemplo de coragem, de alegria. Mesmo eu tendo sido apenas aluno, tanto dele como do Fábio, aprendiz a ver nos dois uma amizade forte, sem limites.
Foi duro quando fiquei sabendo da sua morte, não estava acreditando.
Mas, mesmo tendo tudo isso acontecido de uma maneira muita rápida, digo que o Nosso amigo, nosso professor, nosso colega Oseias Pinho sempre vai ficar na mente, nos corações de muitos que estavam com ele e que um dia tiveram a oportunidade de conhecê-lo.

Anônimo disse...

Oséas partiu e deixou muita saudade! Por onde passou distribuiu alegria, foi um ser humano fenomenal. Esta sendo muito difícil, mais vamos superar. O céu esta em festa com a chegada do Oséas... Saudades Eternas!! ADAIAS

FLAVIO OLIVEIRA disse...

FOI TAO CEDO NAO DEU TEMPO DE DESPEDIR, DEIXOU SAUDADES POR ONDE PASSOU,FEZ GRANDES AMIGOS,POR ONDE PASSOU DEIXOU ALEGRIA, NUNCA SOUBE O QUE ERA TRISTEZA, POR ISSO DEIXO MEU ADEUS A OSEAS PINHO .~FLAVIO OLIVEIRA THE-PI

Carvalho disse...

Com muita tristeza que recebi a mensagem da passagem do nobre profissional e amigo policial civil, colega de turma do curso de formação, ETERNO DELTAAAAAAAAAAAA, para o lado de nosso Deus.

Em vida deixemos nossos melhores ensinamentos, em morte nossa história de vida, honesto, colaborador e sempre rigido contra a corrupção. Esse nosso profissional se foi deixando seu nome e profissionalismo e vivencia de vida durante a academia de polícia civil do maranhão.

Ronilson Alex - em qualquer lugar, a qualquer hora, para qualquer missão DELTAAAAAAAAAAAAAAAAaa

Carmem Saraiva disse...

Bom falar do Oseas é muito simples, foi uma pessoa maravilhosa em minha vida..tive o grande privilégio dele ter sido meu grande professor..apesar de alguns desacordo em sala de aula..ele era uma excelente pessoa. Ele me incentivou bastante em meus estudos sempre com aquela forma carinhosa de mi chamar "Minha Baixinha, Neguinha" sempre assim. Um orgulho enorme que ele sentia quando via seus alunos alcançando mas alguns obstáculos em sua vida..sendo meu caso, quando soube que fui aprovada no vestibular da UEMA, sem acreditar ele ficava assustado pelo fato que eu era um pouco danada em sala de aula...sempre sorridente, brincalhão..Sentirei eternamente saudades dele...mas com certeza iremos nos encontrar um dia com a permissão de Deus...me aguarde Oseas estarei em breve chegando ai...

Siga-nos pelo Google+ Followers