segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Devido irregularidade na formação de chapas, Juiz suspende eleição do Sindicato dos trabalhadores Rurais de Matões

Por Abdenaldo Rodrigues/Matões Notícias
O presidente da Comissão Eleitoral recebeu o pedido de impugnação da Chapa I

Em cumprimento à decisão do juiz da Vara do Trabalho, Francisco José de Carvalho Neto, a eleição para escolher a nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Matões, que deveria acontecer nesse domingo (3), foi suspensa.

Na manhã da última sexta-feira (31), o advogado da chapa 2, Dr. Humberto Nunes, deu entrada junto à Comissão Eleitoral com um pedido de impugnação da chapa 1, que tem como candidato a presidente Francisco Loureiro da Silva, mais conhecido como "Zome", e é apoiada pela atual gestão do sindicato.

O principal argumento  do advogado é que um dos membros da chapa única (já que a chapa 2 estava impugnada) é funcionária pública, nunca tendo sido agricultura, que é um dos principais pré-requisitos para a composição de diretoria do sindicato.

Segundo Humberto Nunes, explicitando no documento entregue ao presidente da Comissão, a atitude da própria Comissão é estranha. Primeiro, o advogado somente tomou conhecimento do não registro da chapa encabeçada pelo seu cliente, Valdivino Barbosa, por terceiros. Segundo, embora também tenha requerido informação dos membros chapa de Francisco Loureiro, da mesma forma não recebeu resposta.

Na mesma solicitação de suspensão da eleição, o advogado Humberto Nunes requereu que seja dissolvida a presente Comissão Eleitoral, já que o pleito para a qual a mesma fora criada não foi realizado. A eleição do sindicato está sem data marcada para acontecer, aguardando pronunciamento do juiz. 

Nenhum comentário:

Siga-nos pelo Google+ Followers