segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Trabalhadores rurais de Matões fazem barricada na frente do sindicato

Por Elias Lacerda/Portal AZ
Trabalhadores Rurais fizeram manifestação em frente à escola EB

A oposição a atual diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Matões continua sem dar trégua na luta pelo que chama de eleições limpas para a direção da entidade. Depois de conseguir na justiça do trabalho que a eleição fosse adiada alegando várias irregularidades, ontem (2), às 5:00h da manhã, simpatizantes da oposição fizeram barricada em frente à Unidade Escolar Eugênio Barros, local para onde estava marcada a eleição. O movimento aconteceu após os trabalhadores ouvirem boatos dando conta de que a atual diretoria, em conjunto com a Comissão Eleitoral, estava disposta a manter a eleição para o domingo, mesmo com decisão judicial contrária.

Pneus foram queimados em frente à escola Eugênio Barros
Portando pneus velhos e galhos de madeira, os trabalhadores acenderam uma grande fogueira e ficaram de plantão até às 10:00h da manhã, em total vigília. Os líderes do movimento disseram que tudo foi para evitar uma confusão maior se a diretoria do STTR e a Comissão Eleitoral resolvessem descumprir a ordem judicial de suspensão das eleições. No local não apareceu nenhuma pessoa da diretoria nem da Comissão Eleitoral, e tudo voltou ao normal.

A decisão judicial que suspendeu as eleições do sindicato rural de Matões se fundamentou no fato de que "existem várias ações judiciais em trâmite naquela justiça especializada, contra a atual diretoria do STTR e contra a Comissão Eleitoral que coordena as eleições, e que em sendo julgadas procedentes, pelo menos uma delas, poderá mudar o curso das eleições e, se já realizadas antes destes julgamentos poderiam impor a anulação delas".

Por outro lado cresce o movimento de oposição à atual diretoria. Os oposicionistas contam que há mais de trinta anos pai e filho, Elias Araújo Chaves e Elinaldo Araújo Colaço, trocam de posição de presidente e vice-presidente do sindicato.

As eleições do STTR de Matões agora somente ocorrerão quando o Juiz Federal da Justiça do Trabalho de Timon designar a data certa. Até lá, mesmo que o mandato da atual diretoria já tenha findado, ela continuará à frente do sindicato. Esta foi uma forma que o Juiz do Trabalho de Timon encontrou para evitar que fosse feita intervenção na entidade dos trabalhadores rurais.

Nota do Blog Matões Notícias
Na manhã desta segunda-feira, a diretora da Unidade Escolar Eugênio Barros foi à Delegacia da cidade, juntamente com o vigilante do plantão, registrar Boletim de Ocorrência para apurar responsabilidades dos manifestantes na ação de queima de pneus em frente à escola.

2 comentários:

Anônimo disse...

LEMBRANDO DA "ELEIÇÃO" DO MADURO NA VENEZUELA... É BOM QUE O POVO SAIBA QUE HOUVE ELEIÇÕES, OS QUE VOTAM NADA VALEM, MAS OS QUE CONTAM OS VOTOS DECIDEM TUDO - Stálin

Anônimo disse...

http://oglobo.globo.com/pais/ong-cria-abaixo-assinado-virtual-pelo-impeachment-de-roseana-sarney-11309491

Siga-nos pelo Google+ Followers